Idol.News4

Spoiler: TMZ revela detalhes sobre crimes cometidos por finalista da nova temporada

O site TMZ revelou os detalhes sobre os crimes cometidos por Jermaine Jones, finalista da atual temporada, e que foi expulso do programa por mentir para a produção do American Idol.

De acordo com o site, o primeiro incidente aconteceu no dia 05 de março de 2011. O candidato se envolveu em uma briga no hotel Howard Johnson, em Nova Jersey. A polícia foi chamada, mas Jermaine se apresentou aos oficiais como Joel Jones. Ele foi acusado de perturbação da ordem pública e obstrução da justiça. Ele também foi preso por ter mandados em aberto.

O segundo incidente aconteceu no dia 27 de novembro de 2011. O carro em que estava Jermaine foi parado por policiais e novamente o cantor deu um nome falso: Kareem Watkins. O finalista foi acusado de dificultar sua prisão e por dar informações falsas. Segundo o TMZ, Jermaine tem quatro mandados em aberto: três por dirigir sem carteira de motorista e um por desordem.

E mais: fontes disseram ao TMZ que Jermaine foi bem agressivo nos bastidores do programa e chegou a gritar com uma funcionária porque não havia gostado da sua roupa. O finalista foi questionado sobre seu passado antes de ser selecionado para o TOP 24 e jurou que não se metia em uma briga desde os tempos de escola.

O anúncio oficial da saída de Jermaine Jones acontecerá no programa desta quarta-feira (14).