simoncowell

Simon Cowell é processado por ex-participante de reality show

O nome de Simon Cowell foi colocado à prova quando o jurado mais cruel e preferido do mundo foi processado em 2,5 milhões de libras (3,8 milhões de dólares) por uma concorrente do programa Britain’s Got Talent, de acordo com a imprensa britânica.

Simon e o programa estão sendo processados pela concorrente Emma Amelia Pearl Czikai, que apareceu em uma edição do reality show, exibida pela ITV1 em Maio 2009. Ela alega ter sido humilhada e depreciada pelo jurado no programa. Emma registrou sua queixa por injustiça e discriminação no tribunal de trabalho em Janeiro deste ano, revelou em primeira mão o jornal The Guardian. A ação no tribunal surgiu na mídia após a revisão do pré-julgamento na côrte do tribunal de Londres na quarta-feira, 21 de Julho.

Emma, sem representante legal, acusou o programa e os jurados de “exploração, humilhação, depreciação e barbarismo” e também alegou que o programa foi culpado de Discriminação do Deficiente porque não fizeram os ajustes para ela, como abaixar o volume do acompanhamento musical e do microfone. “Este programa faz com que um seleto número de pessoas torne-se muito rico nas costas de homens e mulheres comuns, através de exploração, humilhação, depreciação e um ressurgimento do barbarismo moderno com toda sua crueldade natural”, disse a ex-enfermeira, que supostamente disse ao tribunal que sofre de neurite na coluna cervical, o que pode causar dores na cabeça e nos ombros, o qual ocasionou problemas ao cantar.

Na revisão do pré-julgamento, a qual irá decidir se uma audiência completa irá acontecer, consta que Emma pede 300,000 libras por sentimentos feridos, compensação de 1 milhão de libras e perdas e danos de 1,25 milhões de libras. Ela disse que se fosse premiada com qualquer quantia doaria para caridade.

Emma já havia registrado queixa com a empresa controladora, Ofcom, dizendo que foi tratada de maneira injusta no programa. A queixa foi rejeitada.