Idol.News2

“Não sabia que tinha quebrado regras”, diz finalista expulso do American Idol

A polêmica envolvendo um dos finalistas do American Idol esta semana ganhou as manchetes de praticamente todos os sites norte-americanos. Depois do TMZ divulgar em primeira mão a informação da saída de Jermaine Jones, agora é a vez da revista People conversar com o eliminado.

“Estou indo bem, me recompondo, trabalhando em músicas novas. Espero gravá-las em breve. Eu tenho ótimos fãs e um time incrível”, anunciou logo de cara à revista.

Quando perguntado pelo jornalista se ele tinha ideia de que a conversa que teria com os produtores seria séria, Jermaine negou. “Eu não sabia de nada. Estava até confuso. Não entendia o que estava acontecendo. Quando entrei tinham câmeras e luzes na minha cara. Quando retornei para casa depois da minha primeira eliminação [TOP 24] achei que eles tivessem checado meus antecedentes. Não sabia que tinha quebrado as regras porque antes deu retornar ao programa eu tive que arrumar um advogado e cuidar de algumas pendências. Estava tomando conta de tudo”, disse à publicação.

Ainda durante a entrevista para a People, Jermaine reafirmou que nunca se envolveu em briga e chegou a dizer que não lembrava de dar nomes falsos aos policiais durante suas duas prisões.

“Não conheço ninguém que não tenha um passado. Todos tem. Não atirei nem assaltei ninguém. Era jovem. Fui preso por dirigir sem carteira e dar nome falso. Não estou dizendo que está tudo bem, mas eu ficarei ok”.