adamlambert-news

Foto: Adam Lambert é capa da revista Rolling Stone

Finalmente a Rolling Stone divulgou a capa de sua nova edição, com Adam Lambert na capa. Na tão esperada entrevista, Adam se declara gay e fala dos projetos para o primeiro álbum. Confira com a gente a introdução da matéria liberada no site oficial da cultuada revista.
Adam Lambert está na próxima edição da revista Rolling Stone falando francamente sobre sua sexualidade, mas ele não acredita que a sua revelação será um choque para as pessoas.

“Não acredito que será uma surpresa para ninguém em saber que eu sou gay”. O idol aparece na nossa capa falando sobre a infância (“quando eu comecei a perceber que eu não era como qualquer garoto”), o que o levou a fazer a audição do American Idol (“percebi que todos nós temos nosso poder e para que o que eu sonhei pudesse acontecer”).

E sim, ele fala sobre a sua sexualidade. “Assim que o programa acabou, eu quase falei sobre isso para alguns repórteres, mas achei interessante esperar a revista chegar às bancas”, disse. “Eu não esperava a reação do Clay (Aiken) e nem a quantidade de baboseira que saiu nessas revistas de celebridade. Queria falar sobre o assunto dentro de um contexto”, completou.

“Eu tenho orgulho da minha sexualidade. A abracei. É apenas uma das minhas faces”. Ultimamente, entretanto, Adam admite lutar contra outros títulos e diz que apenas se centrar na carreira: “eu sou um cantor e não um lider”.

A revista chega às bancas na próxima semana. Poucos detalhes da reportagem caíram na rede, mas segundo o blog da MJ aqui estão algumas citações:

A atenção ao sexo oposto

“Eu adorei receber a atenção das garotas no programa. Até onde eu saiba isso é sexy. Não é porque eu não gosto, que eu não ache bonito”.

Kris Allen

“Eles me colocaram com esse garoto bonito. Distração! Ele é o único rapaz que eu acho atraente naquele grupo: legal, descontraído, bonito e totalmente meu tipo – exceto pela esposa. Eu quero dizer… ele tem a cabeça aberta, mas é 100% hétero”.

A descoberta da sexualidade

“Meu pai achou algumas fotos no meu computador. Eu tinha 13 anos. Ele disse a minha mãe: ‘é oficial’. Ela chegou pra mim e perguntou se eu tinha uma namorada. Eu disse que não. Depois perguntou se eu tinha um namorado. Eu também disse que não. Quando perguntou se eu gostaria de ter um namorado, eu disse que sim”.

Drogas

Adam diz que provou drogas pela primeira vez aos 21 anos durante uma turnê de 6 meses pela europa com o elenco de Hair. Foi quando ele tingiu o cabelo de preto. Na Alemanha ele usou maconha e provou Ecstasy. “Eu conheço meus limites”.

Drag Queens
“Já me vesti de drag umas três ou quatro vezes, mas não é pra mim”.

Clay Aiken

“Clay Aiken é gay. Eu sou gay, mas somos completamente diferentes. A única coisa que é igual é que somos parte da comunidade gay”.

Contrato

A RCA anunciou oficialmente hoje (09/06) que Adam Lambert foi contratado pela gravadora. Segundo a nota enviada à imprensa, Adam vai entrar em estúdio e o primeiro álbum do cantor deve sair no outono americano (primavera brasileira).

“Achar um talento exepcional que nem o Adam é raro e especial”, disse Simon Fuller, criador e produtor executivo do American Idol e fundador da 19 Entertainment. “Estou muito feliz que o American Idol tenha proporcionado a descoberta deste talento inesquecível”, completou.

Sobre o Álbum
A Rolling Stone divulgou também um video mostrando o backstage das fotos. Na oportunidade, Adam falou sobre o primeiro álbum.

“Eu tenho dificuldade em escolher um estilo favorito. Gosto de rock, de eletrônico, de dance, de pop, de funk. Me vejo fazendo de tudo um pouco. Algo futurístico e atual. É muito importante escolher músicas com as quais as pessoas possam se conectar, que elas possam dançar ou se apaixonar. Esta parte, de entrar na mente das pessoas, é a mais difícil”.

Adam disse ainda que as reuniões sobre o primeiro álbum apenas começaram. “Estamos discutindo que caminho tomar. Não começamos nada ainda. Estou gostando desta etapa. Tudo pode acontecer”, disse. “Eu busco a longevidade. Espero lançar um álbum que tenha algo diferente para todos. Algumas pessoas podem se surpreender, mas ao mesmo tempo, eu darei a elas o que elas esperam de mim. Representei vários estilos no programa, então o álbum seguirá esta linha”, finalizou.

Agradecimentos à Amanda Faia pela tradução da matéria.