simoncowell

Entrevista: Simon Cowell

Simon Cowell, o todo-poderoso jurado do American Idol, revela nesta entrevista quem o surprendeu neste ano no programa, quem o desapontou, qual se Idol favorito e a melhor performance de todas as temporadas. Além de sabermos o que gosta de ouvir no seu iPod…Confiram…

Quem mais te surpreendeu nessa temporada?

Kris. Ele é melhor do que eu pensava. Sabíamos que Adam e Danny eram ótimos, mas, há sete semanas, ninguém teria previsto a possibilidade de que o terceiro lugar é Kris. Ele chegou de mansinho e fez o serviço. Ele não teve todos os elogios que devia ter recebido na semana passada por causa do problema com o tempo. Eu teria levantantado a confiança dele de verdade.

Quem mais te decepcionou?

Lil Rounds. Ela era a minha garota. Nós sempre dissemos “olha, o que quer que aconteça, ainda temos a Lil. Sabemos que ela é ótima”.

Quem é seu participante favorito de todas as temporadas?

Provavelmente a Kelly, mas é que ela também foi a primeira, você sabe. Comecei a gostar muito mais da Carrie quando pude conhecê-la melhor. E no Reino Unido é a Leona Lewis.

Qual foi a melhor apresentação das oito temporadas?

Acho que “Mad World” foi uma delas. Uma que não deve ser tão popular com outras pessoas mas que eu amo é “Falling Love”, cantada pela Tamyra Gray. Não entendi porque ela não ganhou, eu gosto demais dela. Eu a adorava como pessoa, adoro sua voz e sempre amei aquela apresentação.

Você dá uma olhada nos fóruns depois dos programas?

Não. Devo ser a única pessoa ligada ao programa que não se monitora de hora em hora. Todos os participantes fazem isso, assim como os outros jurados, as meninas particularmente. Ler muito sobre si mesmo pode não ser saudável. Você deve deduzir que, se você está na televisão, vai haver pessoas que gostarão de você e um monte de que te odiarão. É só se acostumar, você nunca agradará a todos.

Você usa o Twitter?

Descobri sobre o Twitter há poucas semanas, e é claro que quem está sempre lá é o Ryan, o Twitter foi feito para ele. Ele sabe o jargão, todas aquelas abreviações horríveis, e também é egocêntrico para deduzir que as pessoas estão interessadas no que ele tem a dizer. Acho estranho, como pegar o telefone agora, discar um número aleatório e dizer “olá, o que você vai vai fazer para o jantar? Porque estou tomando chá, tá a fim”? É muito estranho.

A quais outros programas você assiste?

Nada atual. Não me canso de assistir a dramas. Gravo coisas tão aleatórias como “Os Flintstones” e “Dominick Dunne”. Adoro filmes mais do que qualquer outra coisa. Não consigo mais seguir reality shows, o elenco é tão previsível quanto são os discursos, é tudo seguro demais. Todos são muito convencidos. Tentei assistir, e só Deus sabe o porquê, ao tal de “Rock of Love”. Convenhamos, aquele esquisito com todas aquelas garotas… Como se pode levar isso a sério? Elas se banham em suco de laranja e tal para ficar com ele. Não consigo ver isso.

O que tem no seu iPod?

Os principais são os clássicos: Frank Sinatra, Tony Bennett, Carly Simon, Bobby Darin, Nat King Cole… Amo as antigas da Mariah e da Whitney também.

O que você colocaria no iPod da Rainha?

Muito boa pergunta (Risos). Nem saberia por onde começar. Deveria ter “Rule, Brittania” nele, com o “repeat” ligado direto.

Matéria originalmente publicada no site TV Guide.
Tradução: Olavo.