S09E30 Top 9 II: Elvis Presley Week

Depois dos jurados usarem o veto e salvarem Big Mike , o Top 09 volta ao palco para mais uma apresentação. Esta semana, Elvis Presley volta a ser tema do programa – a outra vez foi na quinta temporada. Quem também retorna é Adam Lambert, o primeiro Idol a ser convidado para auxiliar os candidatos da nona edição.

Para comentar esta semana além do Felipe e Silvia, que vocês já conhecem, temos o estudante de jornalismo João Acioly. João é membro do site Popline – nosso parceiro – e assistiu a sétima temporada completa.

Crystal Bowersox – “Saved”

[media id=535 width=630 height=383]

Felipe: Pra variar, excelente. Ela é tudo o que a Amanda Overmeyer sempre sonhou em ser, divertida, animada e eficiente ao vivo. Adorei a versão que ela fez de “Saved” e mais uma vez prevejo que o estúdio vai ser maravilhoso. Ótima maneira de começar a noite!

João: Acho que impossível um começo melhor! Crystal arrebentou. Parece que a música foi feita para ela! Os vocais foram perfeitos e pareciam moldados especialmente para a canção. Ela soube, ou melhor, sabe impor sua voz e isso é importantíssimo para um cantor. O arranjo, abrangendo o rock com toques gospel se encaixou de forma inexplicável. Mais uma performance maravilhosa de Crystal (e frizo que Crystal não é das minhas favoritas…).

Silvia: Gostei muito. Apesar de não ter certeza se ouviria o CD dela com frequencia, gosto desse jeito indie, descolado dela. Foi meio gospel, meio soul, acho que ela juntou mesmo todos os estilos do Elvis. Como sempre, muito boa!

Andrew Garcia – “Hound Dog”

[media id=536 width=630 height=383]

Felipe: Foi muito morno e a voz dele não teve ritmo nenhum! Não entendi essa apresentação, pareceu com os gatos siameses da Dama e o Vagabundo miando aquela música do filme. Precisava de muito mais velocidade e de entonação, eu não gostei nada, sem energia, sem esforço, sem nada. Pior apresentação dele até agora.

João: Não gostei do arranjo. Posso dizer que conheço bem a canção pois já dancei ela e ensaiei por meses. Os vocais foram regulares, nada que me faça parar e assistir a apresentação. Foi forçado demais. Nos primeiros cinco segundos já queria que acabasse. Achei frio. Achei pobre. Achei perigoso.

Silvia: Será que fui a única a achar estranho? De novo, que música é essa que ele escolheu? Oh gosh… Nem sei o que dizer, fiquei confusa. Zona de perigo pra ele. Ele é infiltrado de Lost no programa, só pode. PERDIDO! :(

Tim Urban – “I Can’t Help Falling In Love”

[media id=537 width=630 height=383]

Felipe: Apresentação totalmente chata, sem graça e desafinada. Pareceu que ele cantou com as calças apertadas demais. Foi a mesma coisa de sempre, ele canta com essa melodia de gondoleiro de viena pra deixar as meninas que votam nele atiçadas o suficiente pra votar nele. Mas é uma coisa que tá em mainstream e que pode dar certo, por isso, tenho medo que ele possa continuar no programa.

João: Finalmente o Tim descobriu a manha: ele tem que ir nas músicas lentas, acusticas, que é onde ele consegue enganar melhor. Algumas desafinações em notas baixas, mas gostei do arranjo. Ficou jovem, gostosa de ouvir. Ótimo trabalho.

Silvia: Vou me odiar por isso, eternamente. Mas não foi ruim. Gostei da musica, de alguns pontos da voz, e sinto que ele não sai essa semana. Ele foi encantadora e ganhou vários pontos.  Pólo, por que você foi dizer “a menos que ele faça algo muito bom”? Por quê? Droga!

Lee DeWyze – “Little Less Conversation”

[media id=538 width=630 height=383]

Felipe: Gostei bastante da apresentação!! Não foi uma das melhores dele, mas ainda assim uma apresentação muito forte. Pra meu espanto, concordei demais com o comentário do Adam pra ele, ele tem que levar as coisas pra fora dessa zona dele de cantar com a cara de mau. Quando ele fizer isso, vai ficar uma apresentação perfeita.

João: Foi animada a apresentação. Gostei do arranjo, os vocais foram ótimos… Só acho que ele gritou demais em algumas notas, mas a roquidão da voz dele deixa isso passar. Ele tá na ‘área’ dele, o rock, e era de se surpreender se ele não tivesse saído bem. Mas arrebentou!

Silvia: Assim que ouvi a escolha da música: Oh no! Conclusão: ADOREI! Isso Lee, assim que gosto que use sua voz, esse tom meio ríspido (Kara me copiou, pensei primeiro haha), mais rock… Ótimo, irado, sinistro e outras gírias de outros estados. :)

Aaron Kelly – “Blue Suede Shoes”

[media id=539 width=630 height=383]

Felipe: Ele melhorou bastante essa semana, finalmente parou de desafinar tanto. Mas mesmo assim, não consegue empolgar. Ele parece um cantor cover toda semana, foi um cover feito razoavelmente do Elvis, semana passada um cover ruim do Archuleta e é assim constantemente. Não tem alma de ídolo, e tomara que vejam isso logo.

João: Woow! Os vocais foram excepcionais! Escolha perfeita de música para o Aaron. Ele se divertiu no palco, se movimentou, desafinou em algumas notas, mas não grande coisa. A canção ficou muito radiofônica para essa época. Adorei muito.

Silvia: Posso eliminá-lo no lugar do Tim? Ai ai. Acho que cansei dele já. Péssima escolha, péssima performance, chatinho, whatever, blah. Kara tá louca, cega, surda, tomando umas, porque ele não pareceu mais jovem, au contraire… Aaron, tchau, amiguinho. :)

Siobhan Magnus – “Suspicious Minds”

[media id=540 width=630 height=383]

Felipe: Realmente foi uma versão bastante diferente dessa música, principalmente a segunda parte, e foi absurdamente bom! Mostrou o alcance imenso dela de um jeito muito bom, sem gritar demais como nas outras apresentações. Não foi a melhor apresentação dela, mas mesmo assim, bastante boa!

João: Achei o arranjo gostoso de se ouvir, mas em contraponto, a música não ficou boa na voz da Shiobhan nos primeiros trinta segundos da música e nos segundos finais. Os gritos dela são previsíveis e me irritam um pouco. Sei que é dela e cada um tem sua postura, mas acho ela dura demais. Vejo pouquissima presença de palco. Eu sinceramente, escolheria outra canção pra ela. Foi uma apresentação regular que eu não daria atenção alguma se a visse pela primeira vez.

Silvia: Cabelo estranho, tudo meio estranho. Algumas partes  gostei, outras fiquei confusa. Não foi RUIM, péssimo, mas foi uma sensação estranha, pra combinar com ela… (porque as roupas nunca combinam né? haha) Não aguento as mesmas musicas batidas, desde que façam algo BEM legal, vide Lee.

Michael Lynche – “In The Ghetto”

[media id=541 width=630 height=383]

Felipe: Muito boa apresentação dele! Ainda acho que ele tem que despertar o black soul que tá escondido em algum lugar nele pra pegar e transformar isso em uma apresentação digna de Oscar. Mas mesmo assim, já foi um passo gigante que ele deu nessa direção.

João: Gostei da forma como Michael se apresentou. Violão e piano, voz imposta sob a canção… Foi um pouco chata a apresentação, cansativa, sonolenta, mas ele cantou muito bem, tenho que concordar.

Silvia: OMG! Adorei! Super defendi terem usado o save nele e valeu a pena. Amo o timbre dele, foi uma apresentação linda, linda. Sem mais. =)

Katie Stevens – “Baby, What You Want Me To Do”

[media id=542 width=630 height=383]

Felipe: Acho que essa raiva dos comentários dos jurados tá dando certo pra ela. Ela pegou toda essa ira e arrasou na apresentação, cantando muito bem e com muita personalidade, mostrou que não deve nem de longe de estar no bottom essa semana. Pelo menos eu espero.

João: Definitivamente Katie tem uma voz forte, poderosa, mas ela ainda não encontrou. A música é perfeita para ela, mas não agora, nesse momento. Faltou vontade, faltou potência na voz. Mas ela levou bem a canção. Teve um um final desnecessário, os ‘whoa whoa whoa…’, onde desafinou.

Silvia: Desafinou, música ruim, apresentação chatinha… Não curti, sorry. Olha, ao invés  de eliminar o Tim, podíamos eliminar os Teens, ahn, ahn? Katie e Aaron, sintam-se livres para o baile de formatura. YAY!

Casey James – “Lawdy Miss Clawdy”

[media id=543 width=630 height=383]

Felipe: Apresentação boa e consistente… mas só isso. Todas as apresentações dele parecem a mesma coisa pra mim, se pegar tudo e juntar, vai dar um musicão de 15 minutos. Ele tem que aprender a pegar a música e mudar, todos sabem que ele não tem tanta tecnica vocal assim, mas não é desculpa pra fazer sempre a mesma coisa.

João: O arranjo foi bem feito (o começo soando de leve o Blues…) mas a música foi gritada, não cantada, além da voz dele não ter combinado muito com a canção. Apresentação fraquinha.

Silvia: Chatinho, o mesmo de sempre, não teve nada demais, aquela consistência meio… blah. E o que era o nome da música? Me lembra de “paws”. haha Mais ou menos, Cachinhos Dourados.

Na opinião dos nossos comentaristas:

Melhores da noite: Katie (Felipe), Crystal (João) e Lee (Silvia)

Bottom 3:  Andrew (3 votos), Katie (2 voto), Aaron (2 votos), Tim e Siobhan

Crystal Bowersox – “Saved”

Felipe: Pra variar, excelente. Ela é tudo o que a AmandaOvermeyer sempre sonhou em ser, divertida, animada e eficienteao vivo. Adorei a versão que ela fez de “Saved” e mais uma vezprevejo que o estúdio vai ser maravilhoso. Ótima maneira de

começar a noite!

João: Acho que impossível um começo melhor! Crystal arrebentou.

Parece que a música foi feita para ela! Os vocais foram

perfeitos e pareciam moldados especialmente para a canção. Ela

soube, ou melhor, sabe impor sua voz e isso é importantíssimo

para um cantor. O arranjo, abrangendo o rock com toques gospel

se encaixou de forma inexplicável. Mais uma performance

maravilhosa de Crystal (e frizo que Crystal não é das minhas

favoritas…).

Silvia: Gostei muito. Apesar de não ter certeza se ouviria o CD

dela com frequencia, gosto desse jeito indie, descolado dela.

Foi meio gospel, meio soul, acho que ela juntou mesmo todos os

estilos do Elvis. Como sempre, muito boa!

Andrew Garcia – “Hound Dog”

Felipe: Foi muito morno e a voz dele não teve ritmo nenhum! Não

entendi essa apresentação, pareceu com os gatos siameses da

Dama e o Vagabundo miando aquela música do filme. Precisava de

muito mais velocidade e de entonação, eu não gostei nada, sem

energia, sem esforço, sem nada. Pior apresentação dele até

agora.

João: Não gostei do arranjo. Posso dizer que conheço bem a

canção pois já dancei ela e ensaiei por meses. Os vocais,

regulares. Senti que foi forçado demais. Achei frio.  Achei

pobre. Tenho certeza do perigo. Não funcionou.

Silvia: Será que fui a única a achar estranho? De novo, que

música é essa que ele escolheu? Oh gosh… Nem sei o que dizer,

fiquei confusa. Zona de perigo pra ele. Ele é infiltrado de

Lost no programa, só pode. PERDIDO! :(

TOP 9 II: Quem foi o melhor da noite?
Crystal Bowersox
Andrew Garcia
Tim Urban
Lee DeWyze
Aaron Kelly
Siobhan Magnus
Michael Lynche
Katie Stevens
Casey James
Ver Resultado

Crie uma Enquete