American Idol: S10E24 – Top 9 Performances

Mais um tema genérico no American Idol esta semana. Para o Top 09, temos o vasto repertório da lendária Rock & Roll Hall Of Fame com a ajuda de wil.i.am (pela terceira vez no programa) e Jimmy Iovine e Ryan Tedder (OneRepublic).

Além do Felipe, comentarista fixo, chamamos esta semana a Carol que assiste o American Idol desde a oitava temporada e é membro do nosso parceiro Adam Lambert Brasil e Jefferson que está vendo o AI pela primeira vez e é formado e pós-graduando em música.

Jacob Lusk – Man In The Mirror (Michael Jackson)

[media id=1064 width=630 height=380]

Felipe: Acharam a mãe da Naima pra cantar com o Jacob? HAHAHAHA Apresentação muito morna, perigoso pegar música que ex vencedor já cantou, e eu prefiro milhões de vezes a versão do Kris. Achei muito… sei lá. Casamento? Ele tem voz, mas com certeza não tem a mínima noção do que fazer com ela.

Carol: Não achei que a música se encaixa mto com o rock and roll, mas Michael Jackson era gênio e a música é lindíssima. E como ele mesmo disse, ele não é mto rock ‘n’ roll e tinha que escolher algo mais a ver com ele. Eu não estava gostando do Jacob gritando demaaais nas outras semanas, mas adorei hoje. Foi controlado, e muito bonito! Mas só um ps: que dancinha foi aquela mais pro final? haha

Jefferson: Ele tinha tudo para sozinho dar show, mas se apoiou demais na backing vocal para os agudos. Ele tem uma voz boa e consegue alcançar, mas se apoiou demais nela e nos outros três que estavam muito altos (timbre).

Haley Reinhart – Piece Of My Heart (Janis Joplin)

[media id=1065 width=630 height=380]

Felipe: HALEÃO ARRASOU! Essa sim soube usar os backing vocals! Não ficou muito abafada pela voz deles como a última apresentação. Fora isso, performance muito boa vocalmente e com atitude, embora uma hora pareceu que ela tava perdendo fôlego, ela conseguiu recuperar bastante. Mas o que me incomoda nela é o braço esquerdo, ela não sabe o que faz com ele e fica parecendo um bonecão de posto! Dá aflição!

Carol: Geralmente não curto vocal feminino. A voz da Haley é diferente, mas ainda não sei se gosto ou não. :P Ela arrasou semana passada, e foi ótima hj, apesar de não gostar da música. =/ Não gostei muito da voz dela no comecinho mesmo, mas boa performance. Essa noite parece que todo mundo vai ser bem de novo, hein!

Jefferson: Eu vi dois shows. Eu vi uma mulher rasgada estilo Janis nos refrões e uma coisinha tolinha inocente na primeira estrofe. Destoou demais. Se fosse para cantar Janis ela poderia ter escolhido um desafio maior. “Piece Of My Heart” é batida demais. Mas defendeu bem. Não desafinou.

Casey Abrams – Have You Ever Seen The Rain (Creedence Clearwater Revival)

[media id=1066 width=630 height=380]

Felipe: Bem safe a escolha, embora eu ame a música. Desafinou em algumas partes e tirou totalmente o estilo da música, tacou mais pra um folk, que eu achei até interessante da parte dele. Mas fora isso, só o mesmo Casey de sempre. Foi só bom.

Carol: Casey, por favor, não grite! huhauhaha Adorei!! Só deu uma desafinada no final, aquele falsete não ficou mto bom! haha Mas quem não ama o Casey? *-*

Jefferson: O fato que ele tocou com o contra-baixo comprovou que ele é realmente um músico completo e não apenas um cantor ou intérprete. Isso facilita na hora de saber onde as notas vão com a boca. Achei que ele exagerou demais no último refrão. Não precisava segurar tanto as notas nas últimas frases, mas foi quase perfeito.

Lauren Alaina – (You Make Me Feel Like) A Natural Woman (Aretha Franklin)

[media id=1067 width=630 height=380]

Felipe: Mais uma a se arriscar a cantar uma música já cantada por vencedor… Mas pelo menos se saiu melhor que o Jacob vocalmente! Ela tá conseguindo soltar mais a voz, só tá pecando na apresentação, ela tem que interpretar mais a música. Não adianta cantar que é uma ‘natural woman’ com essa cara de criança pastel que deixou o picolé cair no chão. Aulas de atuação pra ontem!

Carol: Taí um vocal feminino que eu gosto. Gosto muitooo da Lauren! Linda performance, linda roupa, lindo penteado, linda voz… Gostei da música… Concordo com a Jennifer: ela é incrível. Ta no meu top dessa edição! =D

Jefferson: Essa é uma música que já foi cantada por tantas intérpretes que fica difícil dar uma cara nova. A Lauren não fez nada do que as outras intérpretes não tenham feito antes. A apresentação foi mediana. A pior até agora. Não desafinou em momento algum, mas foi clichê.

James Durbin – While My Guitar Gently Weeps (Beatles)

[media id=1068 width=630 height=380]

Felipe: James… vamos combinar que essa fórmula de cantar baixinho a música inteira e depois alguém vir pisar no seu pé pra você fechar com uma nota aguda já deu, né? Eu amo a música e ele fez um trabalho bem insosso, inodoro e incolor com ela. Não gostei dos vocais dessa semana e a apresentação morna. Abre o olho!! Tem pouca gente sobrando pra ser eliminada!

Carol: James, James, James. É, meu preferido nessa edição. Sendo Adam wannabe ou não (pra mim não tem absolutamente nada a ver, além dos gritos), quanto mais ele grita, mais eu enlouqueço. Amei ele ter escolhido uma balada, pra mostrar o que ele pode fazer e que pode ser diferente. Estranhei o começo, mas depois ficou lindo; e o final? E o grito do final? OMFG! Well done! *-*

Jefferson: Difícil julgar uma interpretação de uma das melhores músicas já feitas na face da Terra. Ele defendeu bem embora tenha desafinado algumas poucas vezes. Não sei dizer se ele estava emocionalmente concentrado na música ou se estava se sentindo muito preso com medo de sair demais da ideia melódica da canção. O melhor até agora.

Scotty McCreery – That’s Alright (Elvis Presley)

[media id=1069 width=630 height=380]

Felipe: Viu? Viu o que dá você largar esse country EMO e começar a cantar uma coisa mais country, mas com outros estilos? Ficou muito bom! Primeira vez que eu verdadeiramente gostei do Scotty, até porque eu gosto da voz dele, só que o estilo ficava tanto no marasmo que nem dava pra gostar. Mas hoje foi diferente. WOOOO SCOTTY!

Carol: Confesso que não gostava dele antes, mas desde que ele começou a arriscar um pouco mais, ficar mais desinibido, aí sim! Amei a performance de hoje. Scotty cuuuuuuuute! hehe Não sei dizer qual foi a melhor performance até agora, mas essa é uma das minhas favoritas da noite so far.

Jefferson: O cara começa dizendo que hoje não vão ver o “country Scotty” e pega a música mais country que o Elvis já gravou em toda carreira. Assim fica fácil. Ele estava confortável com a música e teve chance de mostrar os graves impressionantes dele mesmo com uma levadinha mais rock & roll. Com algumas bpms a menos, seria típico country americano. O que me incomoda mesmo nele é semelhança da cara dele com a do menino da revista Mad.

Pia Toscano – River Deep Mountain High (Tina Turner)

[media id=1070 width=630 height=380]

Felipe: Fantástico! Sensacional! Eu já ia falar “esse pessoal adora ser comparado com Glee!”. Mas super compensou, embora a música tenha uma vesão maravilhosa pela Naya Rivera e a Amber Riley, a da Pia ficou igualmente fantástica, sem estar muito comparável! Pia conseguiu fazer uma apresentação ótima e, finalmente, uptempo.

Carol: O que exatamente ela vai fazer se agachando desse jeito? Well, não gosto da Pia, apesar de saber que ela tem uma p* voz! Ao menos ela saiu do lugar, e se mexeu, de um jeito esquisito, mas é alguma coisa. Gostei da versão de Tina Turner, mas ainda não teve nada especial na performance. Ah, já disse que não gosto dela? É. hauhauha

Jefferson: Dá para cantar como negona sem se espremer tanto. A apresentação foi tão mediana sem saber o que comentar. Básico. Esperava mais levando em consideração pela música que ela cantou.

Stefano Langone – When A Man Loves A Woman (Percy Sledge)

[media id=1071 width=630 height=380]

Felipe: Nossa, o vocal dele essa semana foi muito bom, melhor do que normalmente, embora continue com as caras e bocas que a maioria odeia. Bem soul e muito bem controlada, gostei bastante. Mas embora eu tenha adorado… Stefano, até a Pia fez uptempo essa semana, dá pra ser? Ele tá parecendo que quer entrar pro Il Divo desse jeito!

Carol: Sério mesmo? When a man loves a woman? PQP! Só tenho uma coisa a dizer: VAZA, STEFANO. Afff… Não sei o que as pessoas vêem nele, não sei o que os jurados vêem nele. Pra mim, já devia ter saído há muito tempo.

Jefferson: Cagou a música! Parecia que estava com medo de errar a nota nas primeiras frases e arriscou um péssimo falsete. Na tradicional subida de tom da música, ele não se garantiu. Nunca vi alguém se espremer tanto para alcançar uma nota. Se não está a vontade com o tom, muda. Não precisa fazer cara de quem tá cagando.

Paul McDonald – Folsom Prison Blues (Johnny Cash)

[media id=1072 width=630 height=380]

Felipe: Ô McFish, você não pode pegar a melhor música do Johnny Cash e achar que é brincadeira não! Mas, impressionantemente, foi muito bom! Primeira vez que eu verdadeiramente gosto do McFish fora do menu do McDonalds. Ele tem que seguir mais essa linha, que vai melhorar muito!

Carol: Achei a performance do Paul bem animada, e gostei. Como o Paul, não me chamou muita atenção. Eu confesso que esperava uma escolha de música diferente, mais rock mesmo, mas enfim, né. Apesar disso, eu achei que ele foi bem…. e só.

Jefferson: P****! Vai cantar Johnny Cash com voz de menina? Cadê o Scotty para cantar esta música? Ele quis seguir os conselhos e fazer um estilo Jerry Lee Lewis wannabe, mas ficou carente de atitude. Ou seja: faltou atitude na voz e no palco. Não é uma música fácil de desafinar. Qualquer um canta bem o Johnny Cash, não desmerecendo o mestre. Musiquinha animadinha do jeito que americano gosta.

Nossos jurados escolheram:
Top: Scotty (3 votos), James (2 votos), Casey (2 votos), Haley (1 voto), Pia (1 voto)

Bottom 3: Stefano (2 votos), Lauren (2 votos), Jacob (2 votos), James (1 voto), Pia (1 voto), Paul (1 voto)