S13E36

American Idol XIII: S13E36 – Top 3 Performances

IdolTop3Nesta Quarta (14/05) às 21h na FOX dos Estados Unidos, tivemos as apresentações do TOP 3 do American Idol XIII, sob o comando do veterano Ryan Seacrest e com Keith Urban, Jennifer Lopez e Harry Connick Jr no painel de jurados desta edição.

Os temas das performances desta semana no programa são “Randy’s Choice“, “Judges’ Choice” e “Hometown’s Choice” (ou seja, eles deverão cantar uma música escolhida pelo mentor Randy Jackson; outra selecionada pelos jurados; e por fim, uma música definida pelos fãs dos participantes). Além disso, veremos o já tradicional Homecomming, onde os finalistas irão visitar suas cidades em uma série de entrevistas, aparições públicas e muita emoção. E durante e ao término das apresentações, os finalistas do programa serão julgados pelo público presente na platéia e em casa, que votam na internet e por telefone para deixarem seus favoritos no show. O resultado da votação será anunciado na noite desta Quinta (15/05), quando um dos participantes deixará a competição. Pra quem vai sua torcida? Lembrando que hoje comemoramos o episódio de número 500 do programa!!!

Deixem suas opiniões e aproveitem para ver (e rever) os principais momentos do show nos players abaixo! Quem vai ser eliminado? Quem serão os finalistas? Quem será o novo American Idol? Venha acompanhar conosco toda jornada em busca de uma nova estrela, seguindo nossos perfis no Twitter (@AmericanIdolBR) e no Facebook (facebook.com/AmericanIdolBR). Lá, estaremos divulgando os links que transmitem o show, além de poder conversar com outros fãs do programa. THIS IS AMERICAN IDOL!!!

MELHORES MOMENTOS

AMERICAN IDOL – CELEBRAÇÃO DO 500º EPISÓDIO

Caleb Johnson – Never Tear Us Apart

Tiagão: A montagem do palco estava excelente e a escolha da música foi perfeita. Gosto desse Caleb mais contido e focado na interpretação. Senti ele um pouco preocupado e acredito que isso tenha limitado um pouco sua apresentação. Mas mesmo assim, gostei de tudo que vi e ouvi.
Maira: Apesar da ótima escolha musical e staging, essa provavelmente foi a primeira apresentação do Caleb em que seus vocais estavam menos que impecáveis. Achei que ele sentiu isso e acabou afetando no resto do desempenho, deixando a impressão de que poderia ter sido BEM melhor.
Laura: A produção da apresentação foi uma das melhores pro Caleb da temporada, muito bem feita. A escolha da música foi ótima, mas dessa vez o vocal não chegou no nível dos momentos anteriores. Foi uma apresentação morna, contida e sem impacto.
Rich: Fiquei animado com a escolha da música e já esperava algo realmente muito bom, só que não foi tão “Caleb” como nos acostumamos, não acabei me encantando tanto como em outras e ficou um pouco abaixo, só que vocalmente ao menos estava maravilhoso. Ficou aquela sensação que faltou algo.

Alex Preston – Pompeii

Tiagão: O infeliz deixa pra fazer uma apresentação interessante em plena semi final. Pra mim foi o melhor do primeiro round e sem dúvidas, seu melhor momento na temporada inteira até aqui. Apresentou uma dinâmica diferente, bateu o tamborzinho ali e foi pegar nas mãos das avulsas do palco. Os vocais estavam ótimos e casou certinho com a música.
Maira: Sei que alguns odiaram, outros amaram, e essa apresentação dividirá opiniões. Para mim, certamente houveram aspectos bem positivos, apesar de alguns negativos. Acredito que ele demorou um pouco pra encontrar o tempo da música e que lutou com os vocais o tempo inteiro. Apesar disso, foi um alívio ver Alex tentar algo diferente pela primeira vez. A ênfase do arranjo finalmente sair do violão e ele até arriscar na percussão foi uma boa sacada. Numa rodada bem fraca, acabou se destacando.
Laura: Achei isso uma bagunça. Foi uma boa ideia, é uma música que esta fazendo muito sucesso e é diferente, um risco, coisa que ele precisa. Só que a execução foi bem falha – talvez se ele tivesse tentado coisas diferentes antes tudo teria dado mais certo. A voz dele não acompanhou o arranjo em diversos momentos. Mas foi uma performance legal de ver, coisa que ele não fazia tem tempo.
Rich: Não gostei tanto e nem desgostei, tiveram partes boas como o começo, já no refrão senti uma dificultade do Alex – que não é de agora, de não corresponder a refrões um pouco mais animados, tanto que nas lentinhas ficou melhor. No final foi um saldo positivo.

Jena Irene – Titanium

Tiagão: Eu achei tudo uma completa bagunça. Desde a escolha de música até como tudo foi montado para a apresentação. Primeiro que ela tem uma pegada mais rock e vem vestida assim. Ai colocam ela pra cantar um pop rasgado sem mudar o arranjo, sem deixar do jeito dela. O começo ficou muito estranho e só melhorou um pouco no final. Bem fraco se comparado a tudo que ela fez até aqui.
Maira: Essa é uma das músicas que, pra mim, já estaria vetada de qualquer reality musical, mas o grande problema aqui foi a apresentação em si. Jena vem se destacando pela originalidade dos arranjos e vocais poderosos, e o que vimos foi um arranjo que a engessou executado de maneira péssima. Ela começou completamente fora do tom, presa naquele trem que não tinha nada a ver com nada e só melhorou um pouco no refrão, quando estava solta, mas não foi o bastante pra salvar o estrago. Felizmente tem mais duas apresentações para compensar.
Laura: Não entendi muito bem essa song choice, achei super desconexa do que Jena tem feito nas últimas semanas. E o staging deixou ela presa, não teve leveza e a Jena não pôde curtir, o que tem sido uma marca dela. Foi uma performance fraca, sem inspiração, que não é digna do que a Jena tem apresentado.
Rich: Confesso que para o padrão “Jena” foi bem “fraco”, e deixá-la amarrada não foi uma boa escolha, assim como a música. Se ela tivesse no piano, com algo mais intimista da música, até poderia ter um resultado melhor, mas infelizmente não foi um bom começo.

Caleb Johnson – Demons

Tiagão: Achei o seu momento mais fraco na temporada inteira. Acho que superou Skyfall. E olha que quando saiu a lista com as músicas, achei essa escolha perfeita pra ele. Estava inseguro e fez uma apresentação bem qualquer coisa. Fora o palco super pobre. Até os vocais não foram lá essas coisas. Não vi o programa o vivo, mas me disseram que ele estava doente. Isso pode realmente ter atrapalhado.
Maira: Essa não está sendo a semana do Caleb mesmo, hein. Karma?rs Acho uma pena, já que ele carregou vários programas nas costas, sendo um dos participantes mais constantes da edição para, possivelmente, morrer na praia. Mais uma ótima escolha musical desperdiçada por vocais terríveis e total ausência de staging, figurino ou presença de palco decentes. Força, Caleb!
Laura: To nem acreditando no quanto essa apresentação foi ruim. Acho que as críticas para as bobagens que ele falou o afetaram, porque isso foi muito fraco. Faltou stanging, faltou voz, faltou energia. Pior dele na temporada.
Rich: ADORO essa música e a versão do Will do The Voice USA é a minha favorita, mas se tratando de Caleb mais uma vez coloquei expectativas no alto, e não foram alcançadas =/ O começo ficou estranho, parecendo que o ritmo não casava com a voz e uma sensação “estranha”. Até no refrão que era para arrasar ficou devendo, pareceu não dar conta. Me espanta como o Caleb não veio bem logo numa semifinal.

Alex Preston – Stay

Tiagão: Meus colegas de bancada vão me espancar, MAS EU GOSTEI. Versão gostosinha, voz perfeita e interpretação na medida. Eu sinceramente estava esperando a maior merda nessa apresentação, mas fui surpreendido positivamente. Alex enfim mostrando coisas interessantes que esperei a temporada inteira pra ver. Venceu o segundo round com folgas.
Maira: Tá aí algo que eu não previ. Caleb decepcionando e Alex surpreendendo às portas da final. Fez uma boa escolha, bem dentro da linha que ele seguiu durante o programa e, ainda assim, sem ser previsível, deu um bom arranjo pra música (concordo com a Laura, um dos melhores de pop) e executou corretamente, com uma boa interpretação. Merecia SO? Não. Mas foi, sem dúvidas, uma ótima apresentação.
Laura: No ranking de arranjos de músicas pop no violão por Alex, esse está em um dos tops. A batidinha no fundo tava deixando tudo muito interessante, mascarando até as caras bizarras. Mas achei esse violino O FIM, ai gente really? Tava tão interessante, precisava desse momento? Mas eu acho que foi uma das melhores do Alex da temporada, eu não quis dormir e to aqui chateada porque gostei. Mas standing O really?
Rich: Achei uma das melhores apresentações do Alex, fazia tempo que ele não fazia algo tão agradável como fez com “Stay”, então em uma semifinal que temos deslizes na primeira rodada, fazer algo assim é muito bom para ajudar em um resultado favorável para ele.

Jena Irene – Heart Attack

Tiagão: Por favor, matem as pessoas que escolheram essas músicas pra Jena. Em plena semi final escolhem essa música fraquíssima pra ela. A primeira parte da música foi difícil , justamente porque exigiu muito dos graves, sua maior dificuldade. Depois do refrão as coisas melhoram e ela se encontrou. Mostrou sua ótima presença e seus vocais poderosos. Mas esse final ficou bem qualquer coisa, acabou do nada. Poderiam ter feito algo mais marcante. Noite difícil pra Jena.
Maira: Essa música é bem complicadinha para se cantar por causa da extensão que ela pede e, considerando o desafio, até acho que a Jena foi bem. Além disso, serviu pra ressaltar sua ótima presença de palco e energia. Meu problema com a escolha é que, em termos de estilo, é tão distante do que ela tem feito que não sei nem o que pensar. Sem contar que acaba se perdendo no meio de tantas versões originais apresentadas por ela no programa. Então… foi uma apresentação boa, mas muito inferior ao que a Jena pode fazer.
Laura: Não entendi muito bem a razão das escolhas de música da Jena. Foi tipo: poxa ela ta na final né, vamos mostrar com músicas de sucesso do povo da idade dela pra ela parecer mais comercial! Parece que quem escolheu a música não tem assistido Jena nas apresentações… Mas ela tava bem mais solta no palco que na música anterior, e conseguiu acertar umas notas complicadas. Só acho que ela tem apresentado coisas tão mais criativas e especiais, que isso empalidece.
Rich: Falei no começo como a Jena estava ficando parecida com a Jennel, e agora dão Demi para ela? HAHAHA Espero que os fãs da Demi que assistem o programa tenham votado :v Gostei mais do que na primeira, pelo menos ela estava solta e conseguiu ser mais animada e cantar algo para a idade dela, do meio para o final já estava gostando bem mais.

Caleb Johnson – Dazed and Confused

Tiagão: Esse é o Caleb seguro e intenso que agente se acostumou a ver. Não foi uma noite brilhante, mas essa apresentação compensa as outras duas. Nem tem muito o que falar, foi ótimo. Espero que Caleb esteja na final porque foi um dos pouco que fizeram algumas coisas marcantes nessa temporada.
Maira: Finalmente uma apresentação digna da trajetória do Caleb nessa semifinal. Eu acho que ele exorcizou sua alma quando espancou o pedestal..rs. Os vocais ainda não estavam 100%, mas ficou claro que ele colocou tudo de si na performance. Essa pode não ter sido a noite de Caleb, mas não tenho dúvidas que ele foi uma das poucas razões para aguentarmos assistir semana após semana desse programa. Assim, em minha opinião, nada mais justo do que ele chega na final
Laura: Teria sido legal se ele tivesse feito tudo acapella, mas acho que o vocal dele não estava permitindo. Foi definitivamente a melhor dele na noite, mas não foi a noite do Caleb. Essa performance não me surpreende, não me faz levantar da cadeira tipo J.Lo (alguém explica essa dança?). Não entendi mesmo essa gritaria, achei tudo previsível e um tanto chato.
Rich: Ainda bem que nem todas as apresentações do Caleb essa semana não foram estranhas, nessa foi melhor, só que não conseguiu fazer uma noite digna para ir facilmente para uma final só em assistí-lo três vezes. Mas se seu público for bom de votação, então estará tranquilo.

Alex Preston – Story Of My Life

Tiagão: Voltou a ser o Alex previsível e sem graça da temporada. Claramente essa escolha foi pra conseguir votos, porque isso passou longe de ser marcante na temporada. Como disse na primeira vez, o refrão foi o grande problema. Perdeu força e deixou tudo sem graça. O arranjo em si não foi bom. Alex sai dessa noite com um saldo positivo. Duas boas apresentações e uma mais fraca. Se eliminar ele já era difícil, hoje então acho impossível.
Maira: Com tanta coisa melhor, Alex foi repetir logo Story of my life?! Achei apelativo pra ganhar votos dos fãs de 1D e só por isso já perde pontos. Não fez nada de especial (como muitas vezes na temporada..rs) e foi a mais irrelevante das três apresentações. Apesar da minha torcida, tenho que admitir que a grande probabilidade é que essa noite ele tenha assegurado seu lugar na finale. Força pra gente semana que vem!
Laura: Jura que essa era a melhor opção para o Alex repetir? Coitado dele que teve duas melhores e teve terminar com essa. O arranjo é péssimo, até porque a música original já tem um estilo bom pra violão, então esse só parece deixar a música overproduced. Você escuta e sente que tem coisa demais. Acho essa apresentação fraca e até ele merece um momento melhor.
Rich: Preferiria que ele tivesse reprisado “Stay” LOL Não foi nada de empolgante, até porque ele está longe de empolgar e essa escolha foi mais para tentar votos teens, mas o público teen gosta de gente bonita #futilidades, mas é a verdade né? Achei bem qualquer coisa mesmo. “Qualquer coisa” é o que define essa semifinal.

Jena Irene – Creep

Tiagão: Espero que essa apresentação seja suficiente pra garantir a Jena na final. A noite não foi das melhores, muito por conta das péssimas escolhas que fizeram pra ela. Essa é a Jena que eu gosto e não aquela plastificada que tentaram vender nas duas primeiras rodadas. Vocais, interpretação e arranjo perfeitos. Acredito que ela deva brigar por uma vaga com o Caleb, pois só um milagre tira o Alex da final.
Maira: Aí sim! Essa é a Jena por quem nos apaixonamos ao longo da edição, com vocais poderosos, interpretação sensível, personalidade, presença de palco (precisando ou não correr pelo palco), tudo num pacotinho só..rs. Mais uma vez, acertou em cheio com essa música e entregou a melhor apresentação da noite. Agora é só torcer pra ter sido o bastante, senão estarei deprimida o resto da semana. GO JENA!
Laura: Essa que é a Jena que vimos durante a temporada (tirando o cabelo, que porra é essa?), interessante artisticamente, com vocais poderosos e ótima interpretação. Escolheu muito bem a performance para repetir e arrasou de novo. Pra mim é a melhor apresentação da noite. Uma coisa linda de se ver e ouvir.
Rich: Melhor apresentação da noite e uma das melhores da temporada MAIS UMA VEZ! Jena acertou em cheio nessa apresentação e espero que dê o fôlego necessário para ir à final! Creio que “Creep” seja minha apresentação favorita dela e para encerrar a semifinal foi perfeito! E olha que foi um programa até fraquinho =x #GoooJena #RumoAoTop2