S13E30

American Idol XIII: S13E30 – Top 6 Performances

IdolTop6Nesta Quarta (23/04) às 21h na FOX dos Estados Unidos, tivemos as apresentações do TOP 6 do American Idol XIII, sob o comando do veterano Ryan Seacrest e com Keith Urban, Jennifer Lopez e Harry Connick Jr no painel de jurados desta edição.

O tema das performances desta semana no programa é “A Little Bit Country and A Little Bit Rock N Roll“, ou seja, os candidatos deverão cantar duas canções cada um – uma country e outra rock. E durante e ao término das apresentações, os finalistas do programa serão julgados pelo público presente na platéia e em casa, que votam na internet e por telefone para deixarem seus favoritos no show. O resultado da votação será anunciado na noite desta Quinta (17/04), quando um dos participantes deixará a competição. Pra quem vai sua torcida?

Deixem suas opiniões e aproveitem para ver (e rever) os principais momentos do show nos players abaixo! Quem vai ser eliminado? Quem serão os finalistas? Quem será o novo American Idol? Venha acompanhar conosco toda jornada em busca de uma nova estrela, seguindo nossos perfis no Twitter (@AmericanIdolBR) e no Facebook (facebook.com/AmericanIdolBR). Lá, estaremos divulgando os links que transmitem o show, além de poder conversar com outros fãs do programa. THIS IS AMERICAN IDOL!!!

MELHORES MOMENTOS

Jena Irene – Barracuda

Tiagão: Incrível como a presença de palco dela cresceu durante as semanas de competição. Uma boa escolha de música, bons vocais e ótima postura. Gostei da interação com banda e com todo o palco. Continua com alguns problemas nas notas mais baixas das músicas, mas aqui as partes altas foram ótimas e compensou.
Maira: Música muitíssimo bem escolhida pra ela arrasar. E, acredito eu, Jena não frustrou as expectativas, entregando mais uma performance excelente. Estava segura, confiante, interagiu bem com a banda, comandou o palco e, mais importante, sambou muito nos vocais.
Laura: Se tinha uma pessoa que não ia decepcionar com o tema rock era Jenão <3 Uma escolha musical ótima e perfeita para ela mostrar os vocais. Mais que isso, ela se mostrou uma verdadeira frontwoman… ela tem constantemente melhorado a presença de palco e é claro isso nessa performance. Ela sabe lidar muito bem com a banda e ainda teve momento lindo com a backing. Um beijo também pra quem fez esse styling porque ela tá linda! Rich: Tema rock é ótimo para Jena e Caleb – Obrigado produção! Não tinha dúvidas que Jena chegaria arrasando nesse tema e tive a confirmação. “Barracuda” foi uma boa escolha para começar o programa já deixando o nível elevado e mostrando que outros participantes não conseguirão se igualar.

Sam Woolf – It’s Time

Tiagão: O grande problema do Sam é que ele não passa confiança alguma quando sobe no palco. Reparem que toda hora ele olha pro violão pra ver as notas. Quando não, fica olhando pro horizonte sem ponto fixo. Falta confiança. A música estava animada e isso me fez gostar da apresentação. Teve derrapadas na afinação, mas ele tentou mostrar boas variações. Foi um trabalho bom dentro do padrão dele, mas animadinho.
Maira: Achei que foi uma performance realmente sólida do Sam. Ótima música, boa execução. Consigo até enxergar nele uma leve melhora na questão da confiança e interpretação. Só acho que faltou acompanhar melhor a levada da música, o que é bem importante pro rock.
Laura: Gostei dessa song choice, é bem atual e tem algo de cool – mesmo que ele não tenha. Ele é sempre mais do mesmo, mas eu gostei desse mesmo. Acho que ele até se esforçou mais que o normal e pareceu mais confortável no palco, mesmo que meio desconexo das câmeras. É aquele inofensivo fofo. Que merece ficar na frente de CJ.
Rich: Eu fiquei ligeiramente incomodado com a cara de “preocupação” do Sam durante toda a apresentação, parece que estava lendo a letra da música ou esperando algo acontecer. Tiveram partes também que parecia que ele não conseguiu “acompanhar” e mesmo a música sendo boa não consegui sentir uma conexão dele com a música. Resumindo, ficou confuso, não que tenha ficado ruim, mas sei lá.

C.J. Harris – American Woman

Tiagão: Gostei da apresentação, muito por conta da ótima escolha de música. Continuo achando os vocais dele exagerados e forçados demais. Mas nessa apresentação isso ficou menos irritante. Dentro das coisas inferiores que ele vinha apresentado, hoje foi aceitável.
Maira: A música/tema acabaram casando com a forma que ele gosta de forçar os vocais e disfarçando um pouco esse defeito. Mas gente, vamos falar do que importa… JÁ PASSOU A HORA DESSA CRIATURA SAIR DO PROGRAMA.
Laura: Essa música é ótima e sempre me faz dançar mas faltou tanta energia ai. O CJ é sempre meio boring, mas nessa música ficou mais evidente ainda o quanto ele é paradão no palco. Não foi interessante nem com o rosto. Ele não estava confortável e devia ter visto algum vídeo de Lenny antes de se apresentar pra tentar melhorar.
Rich: Numa escala de 0 a 10, onde 0 é para eliminar e 10 é para exterminar, o CJ foi 11 nessa apresentação. Eu não sou obrigado a ver isso passando para o Top 5, já sofremos o suficiente com DUAS performances essa semana.

Alex Preston – Animal

Tiagão: Isso foi simplesmente horrível. Eu fiquei o tempo todo desconfortável vendo esse vídeo. Nada casou nada e vocalmente foi o pior momento do Alex. Conseguiu a proeza de ser pior que o CJ. Não gostei da versão, o arranjo estava todo errado e ele não teve pegada pra levar a música. Foi uma bagunça.
Maira: Performance para provar de uma vez por todas que Alex é one trick pony… só serve para versões lounge de baladinhas/midtempo. Os vocais não funcionaram, faltou ataque, faltou energia, enfim, desconfortável e desagradável. Pior apresentação dele no programa.
Laura: Outra música ótima sofrendo na mão do Idol. Isso ai não funcionou pra Alex… até foi um pouco diferente porque subiu o tempo do que ele tem feito, mas não diferente o suficiente pra falar que ele arrisca de verdade. Mas os jurados também não cobram essa versatilidade, então é isso aí. Ele pelo menos poderia se descolar do violão alguma vez.
Rich: Jamais será Kris Allen com “Come Together” /fã. Basta você dar um tema com estilo não tão presente dentre a maioria dos finalistas que vemos dificuldades aparecendo. Ficou “apressado”, o Alex não conseguiu acompanhar e a voz não casou direito não hein? Essas caras e bocas foram a treva e o Alex não consegue passar animação em uma música agitada, essa apresentação tá aí para comprovar. Pode ser a mais fraca dele? Sim, mas ficou tão “esquisito” que foi difícil.

Caleb Johnson – Sting Me

Tiagão: Melhor apresentação da primeira rodada. O estilo era pra ele e foi super bem aproveitado. Presença de palco mostro, interação incrível com platéia e banda e vocais fodásticos. Deu uma aula de como deve ser uma apresentação de American Idol. Como diria minha amiga Maira, foi um SAMBA.
Maira: Pra mim, essa foi uma das duas melhores apresentações da noite. Vocais extraordinários, como sempre, eletrizante e ao mesmo tempo seguro, interagiu perfeitamente com a banda, presença de palco sempre impecável. Não tem muito mais o que dizer, a não ser que Caleb merece seu lugar assegurado na final sem questionamentos.
Laura: Assim como Jena (sdds JeCa), não tinha como Caleb decepcionar com esse tema. Ele foi um verdadeiro frontman, dominando o palco e carregando a banda, como deve ser. Em nenhum momento ele pareceu overwhelmed pelo espetáculo, ele era a estrela no controle. Ótima escolha musical e vocais, o tipo de performance que deixa a gente gritando de amor.
Rich: Assim como Jena, Caleb viria para destruir tudo… E destruiu! Enquanto alguns destroem nossa esperança de que o AI ainda pode ter algo bom, o Caleb vem e mostra uma salvação. Sem dúvidas uma das melhores apresentações da noite, e uma das melhores dele no programa.

Jessica Meuse – Somebody to Love

Tiagão: Essa era a música pra ela cantar sem violão, mas devido a chuva de críticas dos jurados, lá estava ela plantada com seu violão. Boa escolha de música e bons vocais. Melhorou a presença, algo que já tinha observando em outras semanas. Mas como disse, era a apresentação pra ela se jogar no palco e interagir com público e banda. Mas infelizmente, ficou colada no chão.
Maira: Justo quando eu estava desistindo da Jessica, ela vem com duas apresentações excelentes. Bom pra ela..rs. Achei que foi uma boa escolha e ela executou muito bem, não só nos vocais afiados, mas na energia também. Pessoalmente, prefiro ela “plantada” do que desengonçada andando pelo palco, mas acho que as expressões pra câmera melhoraram, o que ajudou.
Laura: J.lo sempre com muita cara de que não curte Jess haha não aguento. Na verdade foi uma das melhores dela pra mim. O vocal é sempre legal, a maior reclamação tende a ser a presença de palco… e eu achei ela mais segura e mais ‘dentro’ da música essa semana. Já to no nível que os dead eyes dela são assim mesmo na vida ahah
Rich: Gostei! A Jessica vem aprendendo a escolher músicas que combinem mais com o seu timbre, assim consegue ficar mais agradável, sem falar que vem dando umas melhores olhadas para a câmera. Ao final dessa rodada eu fico com #1 Jena #2 Caleb #3 Jessica #4 Sam #5 Alex #500 CJ.

Sam Woolf – You’re Still the One

Tiagão: Que saudades da Shania. Faz falta pra música country! #vaitrabalharshaniaquenga. Bom, ele foi se encolhendo a apresentação inteira e nem o fato dele ter se movimentado um pouco ajudou. Incrível como ele se amedronta no palco. Os vocais fracos dele ficam bem mais evidentes em músicas mais melódicas. Foi o que aconteceu aqui. Vocais fracos e interpretação zero.
Maira: Desculpa sociedade, mas não gostei MESMO. Adoro essa música, pq Shania <3 A voz dele (que não combinou, na minha opinião), com essa vibe de boy sensação, deixou tudo muito brega pro meu gosto. Tá aí uma que eu dispensava. Laura: Escolha musical de gênio essa ai. Sam é geralmente desconfortável e nem é a primeira vez dele sem o violão (viu Alex? É possível) mas achei bem ok isso aí. Não foi maravilhoso mas eu gostei muito. Acho que fui comprada pelo mix: música maravilhosa e fofurice do menino. Não me orgulho disso mas to facinha tipo J.lo.
Rich: Adoro essa música, adoro a Shania <3 Eu comecei curtindo bastante a apresentação, já estava achando que tinha algo de errado comigo. Aí foi que tudo ficou um karaokê da vida, e a voz trêmula não ajudou muito. Acho que tinha tudo para dar super certo, mas ficou devendo. OBS: Nas partes mais calminhas ele se saiu bem melhor. Caleb Johnson – Undo It

Tiagão: QUE ESCOLHA DE MÚSICA DELICIOSA! COUNTRY É VIDA. CARRIE É MAIS, TAYLOR É MENOS. Mesmo achando o visual dele um pouco exagerado para o tema, gostei de tudo que vi. Ele toma os temas pra se e brinca em cada apresentação. Foi a escolha certa pro seu estilo e pra sua voz. Como disse em comentários anteriores, Caleb vem demonstrando uma versatilidade muito boa em suas apresentações. Tirando o exagero no figurino e em alguns comportamentos no palco, foi muito bom.
Maira: Primeiro, Tiagão <3 Falando da apresentação, achei uma ótima sacada o que fizeram com o arranjo dessa música, trazendo para o estilo dele. Vocalmentemente, Caleb foi perfeito novamente. Eu perderia apenas essa camiseta horrorosa. De resto, mais uma ótima performance dele. Laura: Eu não sou do time de country lovers daqui (esse é o título do Tiagão), então nem vou criticar muito o nível de twang das músicas hahaha mas eu gostei que ele puxou mais pro rock, que é o forte da voz dele. A música é ótima, ficou super boa em vocal masculino e combinou demais com ele. Foi uma noite excelente pro Caleb em que ele se mostrou muito pronto.
Rich: Conseguiu colocar o rock no country sabidamente e tivemos um ótimo resultado. Mais uma apresentação que não temos como reclamar que se tirarem o Caleb da final será uma das maiores injustiças dessa temporada, e olha que não foram poucas. Caleb vem escolhendo muito bem suas músicas por sinal.

Alex Preston – Always On My Mind

Tiagão: Essa realmente não foi a noite do Alex. Que coisa mais brega, mais sonolenta e tediosa. A música já não é nenhum mar de agitação e ele ainda me vem com esse arranjo de cantiga de ninar. Fico imaginando como será o cd desse garoto. Vocês juram que estamos diante do favorito dessa edição? Está difícil aceitar isso.
Maira: Obrigada Alex, porque nunca mais terei insônia na vida (e se tiver, basta rever essa apresentação -q). Claro, foi incomparavelmente melhor que a primeira, mas voltamos pra mesma coisa de sempre só que em ritmo desacelerado. Sinceramente, espero que Alex vá pro bottom essa semana, porque mereceu. Só pra constar… com CJ saindo, claro.
Laura: Dormi. Esses arranjos já perderam qualquer frescor e o Alex está mais cansando que deixando a gente animado de expectativa para o quem vem por ai. Mas foi melhor que a primeira performance dele, mas fica sempre aquela cara de: ok mas e ai? Eu tendo a ser implicante com ele mesmo, mas foi tão sem graça.
Rich: Jamais será a Fantasia Barrino com essa música na terceira temporada <3 Mas aí vem o que chocará a todos u.u EU GOSTEI! Tá que não foi um gostar de amar nível morrer, mas dentre o que ele fez anteriormente ficou bem legal sim, principalmente o arranjo. Agora de ponto negativo temos: a) A banda ali tava pra quê? b) Versão muito lenta para os lives, isso é para fazer cover em um show só. c) Não empolga. Uma apresentação boa para ter uma versão em estúdio como faixa bônus de um álbum, mas não para a competição. Jena Irene – So Small

Tiagão: QUE ESCOLHA DE MÚSICA DELICIOSA! COUNTRY É VIDA. CARRIE É MAIS, TAYLOR É MENOS. O mais legal dessa apresentação foi que ela deixou tudo do seu jeito. A versão original é linda e tem os vocais incríveis da Carrie. Aqui ela fez uma versão também super linda, mas com vocais mais calmos e suaves. Foi o mesmo que fez a Kree ano passado com See You again. Jena entrou em uma regularidade nas últimas semanas e espero muito que isso a ajude a chegar pelo menos no top 3. Obs: adoraria ter essa apresentação em estúdio.
Maira: LINDA!!!! Jena foi bem inteligente com o contraste das escolhas. Ela poderia ter cantando um country/rock, ou adaptado um country totalmente pra rock, mas fiquei feliz que ela não feliz isso, pois teve a oportunidade de mostrar mais um de seus pontos fortes… a capacidade de interpretar músicas emocionais com simplicidade, singeleza e beleza. Adorei. Ficou entre minhas favoritas da noite.
Laura: Nem sei lidar com a lindeza da voz dessa menina. Ela tem um tom maravilhoso que ficou evidenciado pelo arranjo que deixou o foco só nela. Uma performance simples e linda.
Rich: AMEI! Jena fazendo a linha diva do pedestal e ainda arrepiando JLo lol Foi uma boa escolha, fez uma versão mais “intimista” por assim dizer e conseguiu arrasar. Quero muito uma final Jena x Caleb, ajuda aí América.

C.J. Harris – Whatever It Is

Tiagão: Quando a gente elogia em alguma coisa, ele vem e faz isso. Mas cantor de barzinho impossível. Tudo foi genérico, sem graça, morno e fraco. Gostaria muito que o Alex ou o Sam saíssem pra deixar esse programa um pouco imprevisível, mas por questões DE VOCÊ É MUITO RUIM, sua hora já passou.
Maira: Tudo o que consegui pensar assistindo foi… onde consigo um revolver pra atirar na minha cabeça AGORA?! Estou me recusando.
Laura: To com tanta preguiça que tenho quase pena dele. Não tenho mais forças pra criticar essa pessoa. Então: CJ você parece ser uma pessoa muito legal. Força ai.
Rich: RUIM!

Jessica Meuse – Jolene

Tiagão: Foi uma boa apresentação, mas eu estava esperando algo mais melódico e que valorizasse um pouco mais a sua voz. Faltou um pouco de variação nas suas apresentações, tudo foi bem semelhante. Por tudo que vi do programa de hoje, ela deveria passar longe do bottom. Mas se tratando de American Idol…
Maira: Confesso que estava esperando uma versão mais lenta, explorando mais seu timbre (que eu gosto, por sinal), mas, no final das contas, o arranjo acabou ficando “cool” e os vocais dela entraram muitíssimo bem na canção. Achei sólida.. e se fosse julgar a noite de hoje, considerando ambas apresentações, colocaria Jessica em #3, depois de JECA, claro.
Laura: Amei tudo nessa performance. Uma das melhores da Jess. Amei o arranjo – principalmente porque já esperava ela vindo mais acústica – e os vocais. É evidente durante a performance o tanto que eles não ligam pra Jess, as caras de indiferença são demais lol Força Jess!! Você merece ficar na frente de pelo menos Sam e CJ, to nem aí para o que J.lo pensa.
Rich: Não consigo gostar de “Jolene”, acho super enjoativa e o timbre da Jessica que é algo que pode incomodar não ficou tão agradável com a escolha, porém não precisa ser eliminada tem o CJ ali para sair, até o Alex pode sair antes dela por essa semana hein?! lol