S12E34

American Idol: S12E34 – Top 3 Performances

SeloTOP3Nesta Quarta-Feira (08/05), às 21h (horario de Brasília) na FOX dos Estados Unidos, tivemos mais um episódio da décima segunda temporada do American Idol. Será que o júri – formado por Randy Jakson, Keith Urban, Nicki Minaj e Mariah Carey, foi bom bom no julgamento de hoje?

O episódio desta noite exibiu o live show com o Top 3 Performances onde tivemos rodada tripla! Os temas são “Escolha do Jimmy”, “Escolha dos Jurados” e “Escolha dos Produtores”.

Nosso painel de jurados aqui do site também comentou as apresentações. Os comentaristas são: Rich, um dos administradores daqui do site e do The X Factor Brasil; Laura, fã do programa e da Mariah Carey; Tiagão, fã de carteirinha da Carrie Underwood; E Maíra, leitora aqui do site e fã do programa. E claro que estaremos esperando o seu comentário no post sobre o que acharam de cada apresentação!

Estaremos exibindo aqui um review com o que aconteceu durante o programa e com videos com as principais audições. Se você quiser acompanhar conosco toda jornada em busca de uma nova estrela, siga nossos perfis no Twitter (@AmericanIdolBR) e no Facebook (facebook.com/AmericanIdolBR). Lá, estaremos divulgando os links que transmitem o show, além de poder conversar com outros fãs do programa. Então reúna todos os amigos para frente do computador e divirta-se!

MELHORES MOMENTOS

Kree Harrison – Perfect

Maíra: Adoro essa música *-*. Gostei bastante da Kree ter dado um toque country para ela. Ficou possível escutar o timbre delicioso dela com bastante clareza, mas acho que ficou faltando um pouco de conexão com a música… outro arranjo poderia ter ajudado mais. Não foi ótima, mas foi uma boa apresentação.
Tiagão: Kree linda como sempre. Quando vi a lista com as escolhas das músicas, imaginei que essa seria a apresentação dela mais forte da noite. A versão ficou ótima e super no estilo dela. Isso poderia ser facilmente seu single de trabalho. Um ótimo trabalho nesse sentido. Mas faltou uma pegada, um algo mais. Cantar Pink não é fácil, ainda mais uma música tão emocional como essa.
Laura: Eu adorei essa apresentação. Achei que ela parecia confortável, como se estivesse cantando música dela mesmo. Faltou explorar mais o vocal, ainda mais para uma semifinal, mas o arranjo foi bem feito e eu quero muito a versão de estúdio.
Rich: Kree com uma música linda e que me deixou super curioso de como ficaria sua versão desde quando vi a escolha. Adoro a versão da Misha B (The X Factor UK 2011) e já adianto dizendo que ficou muito melhor que a da Hollie do ano passado. Ao que ela se propõe ficou bom, o que senti foi falta de uma força maior na apresentação. Não foi uma de suas apresentações de maior destaque.

Candice Glover – One

Maíra: Não acho que tenha a Candice tenha mostrado seu potencial completo com essa música, mas ainda assim ela está num nível completamente diferente do restante. Foi uma ótima, ótima performance, digna de qualquer top 3, porém estou mais ansiosa pelo que vem por aí.
Tiagão: Entrou pra definir o jogo no primeiro round. Eu tinha colocado essa música na minha lista pra ela. Sabia que cairia como luva. Um ótima apresentação em todos os sentidos. Mas nós sabemos que o melhor dela não foi apresentado nessa música e por isso espero muito mais nas outras escolhas. Se isso ainda for possível.
Laura: Merece muito essa final essa menina! E que song choice maravilhosa! É a cara da Candice, é fora do esperado – o que segue com as escolhas dela no programa – e mostrou o potencial vocal dela. Chegou acreditando e dizendo: SOU CANDICE E O IDOL É MEU!
Rich: Candiva tendo a chance de repetir sua pegada rocker que fez em algumas apresentações na temporada. Já na primeira apresentação mostrando que não está para brincadeira e que merece estar na final, não só por ser minha favorita, mas por tudo que vem fazendo no programa. Música forte, poder vocal, presença marcante, isso tudo resultando em mais uma ótima apresentação da Candice!

Angie Miller – Sorry Seems to Be the Hardest Word

Maíra: Acho que o Jimmy fez uma pegadinha com a Angie nessa song choice, porque depende completamente da capacidade de transmitir sentimento e esse tem sido um dos pontos fracos da Angie na competição, a não ser quando ela está cantando as músicas que ela mesma escolheu (e tocando piano). Tecnicamente ela é uma boa vocalista, é bonita, porém falta força emocional na interpretação. Ainda assim, foi uma boa performance.
Tiagão: Ela é fake em suas apresentações, já estamos cansados de apontar isso. Primeiro: Produção caprichando no cenário da sua protegida heimm. As outras todas pobrinhas no palco. Enfim, eu não gosto dessa música. Já vi tanta gente cantando isso em reality e de forma mais original e melhor. Foi mediana. E sinceramente eu não entendi essa escolha pra ela. Pra mim foi um passo para trás. Primeiro round fica com Candice na ponta.
Laura: Cadê o piano? Achei que essa era uma música ideal para piano, então fiquei surpresa. Foi boa a ideia de deixar ela mais controlada, já que não da pra competir no grito. Mas os olhares que ela faz para a câmera são sempre muito engraçados, ela está sempre buscando a câmera e nunca se perde na música. Acho que isso que os jurados destacam quando dizem que não sentiram ela se conectar com a música, ela fica mais preocupada em parecer que tem emoção que realmente buscar isso dentro dela.
Rich: Essa música é linda e já estou amando a versão em estúdio sem nem ter saído ainda. Tá que ela tem um problema com emoção e nessa apresentação notamos isso, mas é um caso de quando a música me agrada tanto que eu saio relevando. Não entendi porque a queriam no piano, pois já vem fazendo isso várias semana e até porque temos mais duas apresentações pela frente e ela pode muito bem vir em outra sentadinha Hahaha.

Candice Glover – Next To Me

Maíra: Ótima, linda, perfeita e maravilhosa. Adorei a song choice, deu vontade de cantar junto, de dançar e até chorar de felicidade. Já vimos a Candice gritar a vida..haha… passar por todos os gêneros possíveis, mas com essa música mostrou que é totalmente comercial e uma artista magnífica.
Tiagão: Sinceramente? Não acho que essa tenha sido uma boa escolha pra ela. Uma música em que se fazer um trabalho memorável fica muito difícil. Acaba ficando mediano. Ela ganha mil pontos por não ter ido para a linha lentinha. Essa apresentação foi “inferior” a primeira. E tenho que falar que a volta pra casa dela foi linda e emocionante.
Laura: Ai a Home Visit de Candice foi linda, me emocionou. Chore comigo América! VAMOS LEVAR ESSA LINDA PRA FINAL!!! Foi uma boa música por ser atual e mostrar um lado mais comercial. O vocal foi perfeito, principalmente o começo antes da batida entrar, e depois começou o uptempo e eu fiquei aqui dançando com Candice. Depois da primeira performance foi especialmente interessante, mostra que ela pode muito e comprova a versatilidade mostrada até agora.
Rich: Não foi uma escolha musical para ser algo de grande destaque, foi uma escolha mais para mostrar como ela pode ser comercial e ser atual com uma música que é até “recente”. Foi bem legal ver a parte lentinha de depois dando uma animada, meu medo é que essa música não a ajude a ganhar votos ou se firmar, mas já estou aqui esperando a versão em estúdio.

Angie Miller – Try

Maíra: Prefiro Angie cantando algo assim, mais contemporâneo, um pop com atitude, do que fazendo balada atrás balada. Em minha opinião teria se destacado muito mais no programa se tivesse seguido essa linha. Dito isso, a música requer um poder maior do que ela teve, então não chegou a ser extraordinário, mas preferi essa apresentação a primeira.
Tiagão: Quero muito saber porque você não seguiu esse estilo desde o começo? Quebrou tudo com essa escolha, que foi perfeita pra ela. Teve presença, uma boa interpretação, uma boa boa versão e bons vocais. Uma das apresentações dela que eu mais gostei dentro da competição. Quanto a volta pra casa dela, ficou clara a diferença de público entre ela e Candice.
Laura: É a favorita da produção né? A diferença do styling das performances dizem isso. Eu gostei da performance, acho que faltou força no vocal dela para o refrão, mas foi um tipo de apresentação que sempre esperei dela e nunca apareceu. Penso que se ela tivesse explorado isso durante o programa eu gostaria mais dela.
Rich: Um estilo que combina bastante com a Angie, são de apresentações assim que estava sentindo falta. Se ela tivesse seguido toda essa linha durante a competição provavelmente eu estaria aqui na maior torcida do unverso por ela, a sua postura estava muito boa, uma ótima presença, no que resultou em um ótimo conjunto. Além de ser favorita, fazer boa apresentação, é carimbar mesmo a ida para a final né?

Kree Harrison – Here Comes Goodbye

Maíra: Ela estava belíssima (e com certeza foi a pessoa que sofreu o melhor makeover do programa). A música pode não ter sido a mais popular, mas depois de escutar essa apresentação não há como negar que foi uma ótima escolha. Ela colocou toda a emoção possível, arrasou vocalmente e deixou as outras a ver navios na rodada. Acredito que tenha sido uma das melhores da Kree no programa.
Tiagão: Essa é a Kree que sou fã, que eu me apaixonei. Foi linda, foi emocional, foi verdadeira. Escolha de música excelente. Nunca vi a Kree tão conectada como foi nessa apresentação. Pra mim foi o melhor momento dela na competição. Venceu esse round com todos os méritos. E sim, eu me emocionei com a história dela. Passou a competição inteira sem usar a história como fundo. Linda!!! FOI LINDOOOOO.
Laura: Olha a diferença de performance quando a pessoa realmente sente a música, quando consegue passar uma emoção genuína. Foi uma apresentação maravilhosa, vocal perfeito, coisa de estrela. Kree merece essa final.
Rich: Agora sim a Kree cantando algo realmente que possa se entregar e seja totalmente o seu estilo. Estava linda, os vocais arrasaram e conseguiu fazer uma de suas melhores apresentações no programa, que é um ótimo sinal, nessa altura da competição, em um Top 3, fazer uma apresentação assim é de muito valor. Kree sendo Kree, sendo maravilhosa!

Angie Miller – Maybe

Maíra: Além de não ser muito conhecida, a song choice não a ajudou. A parte grave soou bem estranha e o ponto alto ficou com o refrão, mas não teve força suficiente para transformar a performance em algo memorável. Foi sua mais fraca na noite e deixou a desejar para quem esperava aquele grande momento no piano.
Tiagão: Pra mim isso não é escolha de música pra uma semi-final. Sorte dela é que a favorita, porque para as outras uma escolha como essa seria pedir pra sair. Música completamente sem apelo. Pra mim foi mais uma repetição de outras apresentações que ela já fez ao piano, só que mais fraca. Das três apresentações dela, essa foi a mais fraca.
Laura: Piano de volta!! Não gostei muito dessa escolha musical, ela fez mais do mesmo, ficou cantando no piano com uma cara emotiva. A música simplesmente não deu espaço para ela crescer e tornar a apresentação memóravel. Não foi digna de semifinal e ela poderia ter feito melhor. Vou ficar muito triste quando ela for pra final amanhã.
Rich: Oh aí o piano! Angie também fazendo sua apresentação que poderia ter sido outra música, assim como a Kree e a Candice tiveram. A música também é boa, só não tem aquele apelo para uma final, cada uma teve uma música jogada fora hein? Mas para os fãs que gostam dela assim foi um prato cheio, ela é a favorita desde sempre, deve passar tranquila para a final amanhã.

Kree Harrison – Better Dig Two

Maíra: Nem precisa dizer que passou longe do nível da apresentação anterior, né?! Ela foi muito bem vocalmente e é uma música que dá pra imaginar ótima no estúdio; porém ao vivo falta um pouco de energia na Kree para esse tipo de performance. Os pontos fortes dela são impor sua marca na música e transmitir emoção, o que a song choice não possibilitou.
Tiagão: O mesmo problema da Angie: Isso não é música pra um live show na semi-final. Isso ficaria ótimo em um cd (Que eu já quero pra ontem), MAS NÃO AQUI. Isso pode fazer a diferença a votação de logo mais. Produção mandou super mal nas escolhas da Angie e Candice nessa rodada. Abriu as portas pra Candice sambar nesse round.
Laura: Kree é ótima mas merecia uma escolha de música muito melhor e mais memorável para esse momento. A performance anterior dela tinha que ter sido a última, mostrava mais força. Ela é sempre boa e tem vocais lindo, mas faltou aquela parte que você fala: WOW.
Rich: Eu achando que “Perfect” tinha sido a música “jogada fora” da Kree =x Ainda estou encantado com sua apresentação anterior e se compararmos essa ficou bem atrás né? Nessa apresentação a Kree pôde mostrar um pouco mais do seu country, mesmo não tendo pontos fortes foi uma boa jogada encerrar com algo focado para o seu público e seu estilo.

Candice Glover – Somewhere

Maíra: SOBERBA. DESESTABILIZADORA DE EMOÇÕES. RAINHA. D-I-V-A. MARAVILHOSA. PISADORA. (É tudo o que posso dizer entre as lágrimas e tremedeira!)
Tiagão: FODAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA. HUMILHOUUUUUUUUUUUUUUUUUUU . PQP. PRA FINAL, SUA LINDA. E leve a KREE kkkkkkkkk
Laura: MARAVILHOSA. HUMILHOU. SE NÃO ESTIVER NA FINAL VAI SER UM DOS MAIORES ERROS JÁ VISTOS EM UM REALITY SHOW. Candice é uma das melhores divas já vistas em reality show, conseguiu ser inesperada, surpreender e manter o nível do vocal. Candice é maravilhosa e merece estar nessa final. AMÉM, ALELUIA, VAMOS AJOELHAR E DAR AS MÃOS PRA AGRADECER A RAINHA CANDICE.
Rich: OMG, O QUE FOI ISSO? ENCERROU A NOITE COM UMA PERFEIÇÃO SEM TAMANHO! ADORO A MÚSICA, ADORO A CANDIVA, FOI TUDO LINDO, FOI TUDO MÁGICO, FOI TUDO MARAVILHOSO! PERFEITO, PERFEITO! CANDIVA NA FINAL! MEU LADO FÃ BOMBA ATINGIU NÍVEIS ETERNOS!

HOMECOMMING

Kree Harrison

Angie Miller

Candice Glover